Entrevista com Égon e o Leão.

994972_691746950836374_13319662_n

Bom dia, pessoal!

Umas das minhas intenções com o blog é divulgar o cenário musical independente, porque tem rolado muito coisa boa mesmo! Humildemente pedi para um ex colega de faculdade que está fazendo um som de muita qualidade dar a primeira entrevista para o blog, e ele foi super gentil em aceitar!

Pra quem não conhece, deixo o som do novo clip!

Curtiu? Agora conheçam melhor o projeto dele através do nosso bate papo!

Vire o Disco: Fale um pouco sobre como você começou a se envolver com a música?
Acredito que como todas as pessoas isso começa com a memoria musical da infância. Lembro do meu pai que tocava violão e foi com ele que aprendi os primeiros acordes e tive o meu contato com os clássicos, em especial com o rock inglês (Beatles, Rolling Stones, The Animals). Enfim, depois de formar algumas bandas na adolescência e começar o meu próprio processo de composição, o “Égon e o Leão” se tornou resultado de tudo isso. Oficialmente, sob esse nome, caminho a 5 meses.
Vire o disco: Que instrumentos você toca?
No projeto Égon e o Leão utilizo guitarra, violão e ukulele. Os arranjos foram se tornando mais complexos e hoje conto  com uma banda que toca comigo. Incorporar o trabalho desses músicos também foi importante porque não me considero um instrumentista e sim um compositor que canta.
Vire o disco: Quais são suas influencias?
 
É bastante amplo. As vezes as influencias não são necessariamente musicais e sim conceituais, que encontramos nas outras artes.Acredito também que tudo que ouvimos de música na vida, diretamente ou não, influencia no som produzido.
Mas diretamente ao Égon e o Leão, existem influencias chave no processo. Toda a obra do Rodrigo Amarante e do Marcelo Camelo, no Los Hermanos e nos seus respectivos trabalhos subsequentes. No cenário internacional tem o Aaron Marsh, tanto como produtor como musico, a obra dele tem bastante influencia sobre o que eu faço, e alguns musico americanos como William Fitzsimmons,Dallas Green, David Bazan,  e Anthony Green. Enfim, sempre busco ouvir bandas novas  ou resgatar sons antigos, e isso sempre produz efeito em minhas influencias
Vire o disco: Fale um pouco sobre o seu projeto de onde surgiu a ideia?
 
Como eu disse anteriormente, sob o nome “Égon e o Leão” são apenas 5 meses. Foi um processo natural pela quantidade de músicas que eu tinha e que desejava colocar pra frente.
Vire o disco: Seu projeto é independente? Você acompanha a cena onde você mora?
 
Sim. Porem eu conto com alguns apoiadores. Além dos músicos que me acompanham ( de forma mais fixa, atualmente: Eduardo Vianna (guitarra e violão); Cid Pinheiro (baixo); e Eliezer Gonçalves(bateria) ). Também caminho junto com o Projeto Instinto, que me ajuda na produção do meu material audiovisual.
Acredito que a cena de onde eu moro atualmente (Porto Alegre), esta sofrendo alterações. Os músicos estão saindo dos bares e indo para as ruas ou organizando em locais menores seus próprios shows. A internet também tem sido nos últimos 20 anos o palco principal dos artistas. As ”cenas” hoje me parecem estar mais organizadas por relações no contato online do que propriamente geograficamente.
Vire o disco: Quais novidades ainda estão por vir?
 
Essa semana (dia 9/12 ) foi lançado o clip da musica “Nunca mais saia daqui”, um projeto em parceria com o curso de Propaganda e Publicidade do IPA e o Projeto instinto. A repercussão que tem chegado em mim tem sido bem positiva.
 Enfim, 2014 será o ano de ir pra rua, tocar ao vivo as musicas e provavelmente no meio do ano lançar o primeiro disco. Trabalhando como artista independente é um pouco dificil fazer projetos a longo prazo, mas tudo que for acontecendo vai ser divulgado pelos meus canais de comunicação da internet:

Boa sexta feira!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s